terça-feira, 9 de Outubro de 2012

 






O Brasão do Barreiro



Hoje, o Professor Fernando Mota, da Câmara Municipal do Barreiro, veio à escola falar-nos da origem do Brasão do Barreiro e  significado dos seus elementos. Começámos por aprender que “Heráldica” é a ciência que estuda os brasões.
Passámos depois às origens do Brasão da nossa cidade:  Em 1940 o Barreiro foi convidado a participar numa exposição do Mundo Português, por António Oliveira Salazar, daí a necessidade de possuir uma bandeira com o respetivo brasão.
Foi imediatamente solicitado a Afonso de Dornelas(famoso criador de brasões) que desenhasse o Brasão do Barreiro.
Uma vez que o brasão é o símbolo de qualquer localidade e deve relatar a sua história, a informação cedida a Afonso de Dornelas foi a seguinte:
O Barreiro pertencia à Ordem Militar de Santiago, era uma zona rica em vinhas e era uma terra de pescadores que usavam na sua faina a “Muleta”, barco típico do Barreiro.
Dois dias antes  da exposição (8 de junho de 1940), a bandeira ficou pronta.
Como o Barreiro era uma vila, o brasão tinha quatro torres, porque era rica em vinhas, dois cachos de uvas, a Cruz de Santiago e a Muleta em cima do rio.

Este brasão foi alterado em 1984 por José Bernardo Guedes, (28 de junho) data em que o Barreiro ascendeu a cidade. Acrescentou-se uma torre, substituiu-se um cacho de uvas pela roda dentadada, símbolo da indústria e acrescentou-se o nó, símbolo da amizade.  
Ficámos também a saber que as cores de qualquer  bandeira são sempre as mesmas do desenho principal do brasão. Daí a bandeira ser preta e vermelha (cor da Muleta).
Uma vez que o brasão é um símbolo muito importante a nossa professora colocou-nos um desafio:

Vamos todos desenhar o brasão da nossa turma, que este ano passou a ser “4ºC”.
Adorámos esta aula! Foi muito produtiva!

Obrigado Fernando!
 

3 comentários:

valentym disse...

Esta aula foi divertida e interesante

Vicente disse...

Adorei esprementar o progetor pela primeira vez.

Vicente disse...

Adorei experimentar o projetor pela primeira vez. (Agora sem erros)